Tag: THE CASTLE CROSS THE MAGNET CARTER

Na gostosa sessão “By the Book” do suplemento literário do New York Times, o premiado escritor Viet Thanh Nguyen, que conquistou o Pulitzer de ficção com THE SYMPATHIZERS, endossou o romance de Kia Corthron, THE CASTLE CROSS THE MAGNET CARTER, que representamos para a Seven Stories Press. À pergunta “qual foi o último grande livro que você leu”, Nguyen respondeu citando o trabalho de Kia, que, aliás, também já foi premiado como estreia em ficção:

“Esse longo romance, ambicioso e desafiador, mereceria muito mais atenção. Conta a história dos EUA no século XX por meio das vidas entrecruzadas de dois irmão brancos e dois negros. É alternadamente terno, brutal e gratificante.”

Na entrevista, Nguyen citou ainda outro título da SSP, POSTCARDS DO FIM DA AMÉRICA (Cartões postais do fim dos EUA), de Linh Dinh _ uma crônica da decadência americana através das viagens do autor pelo país. Depois da vitória de Donald Trump para presidente dos Estados Unidos, muitos intelectuais e autores de esquerda passaram a considerar que está na hora de um esforço com vistas a entender e fazer contato com o país profundo. Foram esses o objetivo e a obra de Linh Dinh, e suas conclusões estão no livro.

images

“Kia Corthron’s “The Castle Cross the Magnet Carter.”

This big, ambitious, challenging novel should have gotten much more attention. It tells the 20th-century history of the United States through the intersecting lives of two white brothers and two black brothers. It is, by turns, tender, brutal and redemptive” –Viet Thanh Nguyen, Pulitzer Prize winning author of The Sympathizers.

Nossa cliente Seven Stories Press está radiante com a classificação de THE CASTLE CROSS THE MAGNET CARTER, de Kia Corthron, entre os sete finalistas (a “short list”) do Prêmio para Primeiro Romance patrocinado pelo Center for Fiction, uma organização criada em 1820 com o nome de Mercantile Library. O romance de Corthron é magnífico, contando a segunda metade do século 20 nos Estados Unidos a partir da trajetória de dois pares de irmãos, um nascido sob a égide da Klu Klux Klan, o outro tendo como referência o movimento dos direitos civis e a memória familiar de uma avó linchada.

Bastante longo, talvez por isso ainda não tenhamos encontrado o editor brasileiro de THE CASTLE CROSS THE MAGNET CARTER. Que venha o prêmio, há contribuir para a necessária publicação no Brasil. Necessária pela contundência política e existencial da narrativa.

images
A saber, o Center for Fiction da Mercantile Library é simplesmente o máximo. Há quase 200 anos é a única organização nos EUA dedicada exclusivamente à promoção da… ficção. O objetivo explícito é encorajar as pessoas a lerem e valorizarem a ficção, apoiando sua criação e fruição. Tem uma biblioteca e uma sala de leitura maravilhosas, além de dezenas e dezenas de programas, cursos, palestras com os autores e esse prêmio, que dá US$ 10 mil ao primeiro lugar e US$ 1.000 a cada um dos sete finalistas.

Só para terminar, o desafio: adivinhem quem criou a Mercantile Library? A pista está no nome, e adiantamos que não foi o Estado. Sim, foram os comerciantes da cidade de Nova York, que em 1820 demonstraram esse tipo de sensibilidade. Não há de ser nada. Talvez com uns 250 anos de atraso em relação aos EUA, chegaremos lá e teremos o nosso Center for Fiction.

http://centerforfiction.org/awards/the-first-novel-prize/2016-first-novel-prize-short-list/

Captura de Tela 2016-07-11 às 16.08.22

The Center for Fiction anuncia sua lista de finalistas para o prêmio 2016 de melhor romance de estreia. Entre 25 títulos está THE CASTLE CROSS THE MAGNET CARTER, de Kia Corthron, um épico da história norte-americana narrado a partir de dois pares de irmãos, brancos em Alabama, nascidos sob a égide da Klu-Klux-Klan, negros em Maryland, que carregam o legado de uma avó linchada. A narrativa começa em 1941 e vem até o século 21 cobrindo todo o movimento pelos direitos civis nos EUA.

http://centerforfiction.org/awards/the-first-novel-prize/2016-first-novel-prize-long-list/

Os acontecimentos da última semana – com os protestos em todo o país contra a violência policial contra os negros e a chacina de cinco policiais brancos por um veterano do Afeganistão – dão tragicidade ainda maior ao romance, forte candidato ao título de “great American novel” nestas primeiras décadas do século, que insistem em revelar os EUA como um país partido. As críticas são consagradoras.

VB&M representa a obra para a Seven Stories Press. Kia Corthron é conhecida dramaturga, com 15 peças produzidas nacionalmente e internacionalmente, e roteirista da aclamada série de TV The Wire. Super premiada com seu trabalho nas duas áreas, teatro e TV. THE CASTLE CROSS THE MAGNET CARTER é seu primeiro romance e foi muito aguardado.