Tag: Seven stories press

Nesse início do Ano do Cachorro no horóscopo chinês, o site esquerdista International Examiner destacou MY NIGHT IN THE PLANETARIUM, de Innosanto Nagara, que VBM representa no Brasil e em Portugal em nome da Seven Stories Press, como livro recomendado para jovens leitores. Disse lindamente:

“A história de Nagara mostra como a política de resisência pode ser tecida com amor e sobrevivência da família. Enquanto a ideia de uma ditadura militar soa e é de fato assustadora e opressiva, do ponto de vista de uma criança de sete anos, a vida continua acontecendo.”

Para ler o artigo na íntegra, clique aqui.

my night 2

Está saindo em Portugal pela 4 Estações o pungente e fundamental A INVEJA DOS ANIMAIS, do pensador e ativista americano Ralph Nader. Infelizmente, não encontramos ainda editora para esse livro no Brasil, cujos direitos representamos para os mercados brasileiro e português em nome da novaiorquina Seven Stories Press e que adoraríamos ver publicado por aqui.

Baseado nas mais avançadas pesquisas zoológicas, Nader, que se notabilizou pela defesa dos direitos dos consumidores e depois pela militância ambientalista, surpreende escrevendo uma fábula em que as espécies animais relatam aos humanos como percebem, vivem e sofrem as nossas ações e sugerem possíveis modos pacíficos de convivência. Um livro que revela imenso amor por todos os seres vivos e profunda compreensão de suas inteligências, mas é capaz de encarar a contradição fundamental de que nada podemos fazer para que se anulem completamente os efeitos deletérios da existência humana no planeta.

Viva os editores Mário Moura e Ione França, que publicaram A INVEJA DOS ANIMAIS em Portugal!

a inveja dos animais

Perfeita a resenha que saiu no Los Angeles Times do GRAPHIC CANON OF CRIME AND MYSTERY, editado por Russ Kick e publicado pela Seven Stories Press. Boa também a notinha do New York Times sobre o mesmo livro.

https://lareviewofbooks.org/article/creating-a-comics-canon/

https://mobile.nytimes.com/2017/12/26/books/review/new-noteworthy-bret-stephens.html

Russ Kick já editou três volumes de cânones gráficos da grande ficção universal e depois lançou um outro de literatura infantil. Com esse livro resenhado, inicia uma série de coletâneas de adaptações gráficas de literatura policial e de mistério.

GCCM-f_feature-6d677ff887960b08afdfdbc7d9c67eec

Um dos aspectos mais inteligentes e provocadores desse primeiro volume é que Kick não contempla exatamente a chamada literatura de gênero. Entre os livros de crime e mistério que pinçou para compor a antologia, tem CRIME E CASTIGO, A LETRA ESCARLATE, OS ASSASSINATOS DA RUA MORGUE, muitos outros clássicos imensos, além de Conan Doyle, Agatha Christie, Jo Nesbo. Todos na linguagem gráfica dos melhores artistas dedicados a essa forma literária.

 

Morreu aos 85 anos o artista plástico e visual Ivan Chermayeff, que ilustrou um dos livros mais queridos pela equipe da VBM em seu catálogo de clientes estrangeiros: SUN, MOON, STAR, o maravilhoso infantil de Kurt Vonnegut, publicado pela Seven Stories Press.

Vale a pena ler o obituário do New York Times. Que figura Chermayeff.

Criador de inúmeros dos logos mais marcantes de nossa era _ da editora Harper Collins, da Mobil Oil, da Exxon, da Panam, do Smithsonian Institute, da New York University _, ele continuou ativo até o fim em sua empresa de artes gráficas e publicidade sem nunca ter chegado perto de um computador. Só na prancheta.

Kurt Vonnegut, conhecido por seu pensamento crítico, polêmico, contestador e rebelde, foi matéria da publicação conservadora National Review. A resenha do livro COMPLETE STORIES, com a totalidade dos contos do autor, recém-publicado pela Seven Stories Press, fez críticas a vários posicionamentos de Vonnegut, mas elogiou radicalmente algumas de suas histórias. Para provar que a grande literatura pode ser lida de várias maneiras.

A resenha de COMPLETE STORIES representou a estreia da Seven Stories Press na National Review. Nunca antes um livro da engajada SSP, que VB&M representa para o Brasil, conquistara espaço na publicação. Vibraram por lá com a novidade.

Clique aqui para ler a resenha na íntegra.

59b422ee2900003600485b44

O lançamento de CONTOS COMPLETOS de Kurt Vonnegut pela Seven Stories Press é o talk of the town nos Estados Unidos, assunto de todas as seções literárias. Reproduzimos aqui o artigo do Huffington Post e a indicação da crítica da Atlantic pelo New York Times. O livro está sendo recebido como um clássico, e o prefácio de Dave Eggers é extremamente rico e instrutivo.

Previously Unpublished Kurt Vonnegut Stories Arrive In The Nick Of Time

 

 

O Lambda Literary, grande site literário americano de literatura homossexual, publicou crítica ótima e exaustiva do romance JEWS QUEERS GERMANS, de Martin Duberman, que representamos para a Seven Stories Press. O romance é um mergulho no universo da elite alemã entre 1907 e 1930, quando os numerosos gays daquela comunidade tinham que viver em completa clandestinidade. Vale ler a resenha.

‘Jews Queers Germans’ by Martin Duberman

Na gostosa sessão “By the Book” do suplemento literário do New York Times, o premiado escritor Viet Thanh Nguyen, que conquistou o Pulitzer de ficção com THE SYMPATHIZERS, endossou o romance de Kia Corthron, THE CASTLE CROSS THE MAGNET CARTER, que representamos para a Seven Stories Press. À pergunta “qual foi o último grande livro que você leu”, Nguyen respondeu citando o trabalho de Kia, que, aliás, também já foi premiado como estreia em ficção:

“Esse longo romance, ambicioso e desafiador, mereceria muito mais atenção. Conta a história dos EUA no século XX por meio das vidas entrecruzadas de dois irmão brancos e dois negros. É alternadamente terno, brutal e gratificante.”

Na entrevista, Nguyen citou ainda outro título da SSP, POSTCARDS DO FIM DA AMÉRICA (Cartões postais do fim dos EUA), de Linh Dinh _ uma crônica da decadência americana através das viagens do autor pelo país. Depois da vitória de Donald Trump para presidente dos Estados Unidos, muitos intelectuais e autores de esquerda passaram a considerar que está na hora de um esforço com vistas a entender e fazer contato com o país profundo. Foram esses o objetivo e a obra de Linh Dinh, e suas conclusões estão no livro.

images

“Kia Corthron’s “The Castle Cross the Magnet Carter.”

This big, ambitious, challenging novel should have gotten much more attention. It tells the 20th-century history of the United States through the intersecting lives of two white brothers and two black brothers. It is, by turns, tender, brutal and redemptive” –Viet Thanh Nguyen, Pulitzer Prize winning author of The Sympathizers.

USA. Boston, Massachusetts. 2002. Professor Noam CHOMSKY.[lF][lF]Contact email: New York : photography@magnumphotos.com Paris : magnum@magnumphotos.fr London : magnum@magnumphotos.co.uk Tokyo : tokyo@magnumphotos.co.jp Contact phones: New York : +1 212 929 6000 Paris: + 33 1 53 42 50 00 London: + 44 20 7490 1771 Tokyo: + 81 3 3219 0771 Image URL: http://www.magnumphotos.com/Archive/C.aspx?VP3=ViewBox_VPage&IID=2K7O3R83XKEJ&CT=Image&IT=ZoomImage01_VForm

USA. Boston, Massachusetts. 2002 | photography@magnumphotos.com

O novo livro de Noam Chomsky, que representamos para a Seven Stories Press, REQUIEM FOR THE AMERICAN DREAM, uma análise devastadora do capitalismo e da democracia nos EUA, está vendido por enquanto para dez países.

Entre nossos clientes no Brasil e em Portugal, foi para Bertrand e Presença, que devem lançá-lo praticamente junto com a edição americana, entre abril e maio de 2017. A eleição de Donald Trump aumentou ainda mais o interesse na obra.

manget_carter

CASTLE CROSS THE MAGNET CARTER, de Kia Corthron, publicado pela Seven Stories Press, cliente da VB&M, conquistou o prêmio de melhor romance de estréia em 2016, atribuído pelo Center For Fiction, instituição ligada à Mercantile Library, de Nova York, dedicada a promover a leitura e a literatura contemporâneas.

landscape-1451938411-elle-index2

Kia Corthron

No blog da agência, há um texto sobre a Mercantile Library, fundada no século XIX por comerciantes da cidade e por eles financiada até hoje.

O romance de Kia é magistral. Acompanha a história dos EUA durante toda a segunda metade do século XX a partir da trajetória de dois pares de irmãos, brancos e negros. O primeiro cresce sob a égide da Klu Klux Klan. O segundo tem como referência um defensor dos direitos civis e a memória familiar de uma avó que morreu linchada.

http://centerforfiction.org/awards/the-first-novel-prize/