Tag: Open Letter

O prestigioso Times Literary Supplement publica hoje uma breve mas muito interessante resenha de A CRÔNICA DA CASA ASSASSINADA, de Lúcio Cardoso, lançado nos Estados Unidos pela Open Letter com intermediação da VBM. A nota diz que o romance de Lúcio documenta, para quem tem alguma dúvida, que o pós-modernismo é um fenômeno literário que ultrapassou as fronteiras da América do Norte e da Europa e lamenta a demora da tradução da obra. Comenta ainda o prêmio conquistado pela edição da Open Letter de melhor livro traduzido no ano.

Brazilian Literature

812VtBFTTlL

Ancelmo Gois noticiou que a edição americana da Open Letter, de A MÃE DA MÃE DE SUA MÃE E SUAS FILHAS, de Maria José Silveira, está em pré-venda na Amazon. Livro nas livrarias somente em novembro, mas já recebemos o pdf pré-impressão do romance em inglês e podemos dizer que a tradução de Eric Becker está linda, perfeita. Na Open Letter, dirigida por Chad Post, a editora Kaija Straumanis, responsável pelo processo editorial, facilitou-nos o documento de modo que possamos ampliar as submissões da obra no ambiente internacional.

Maria José vai lançar HER MOTHER’S MOTHER’S MOTHER AND HER DAUGHTERS em turnê por universidades e livrarias americanas da Costa Leste em maio de 2018. A temática do romance, lançado originalmente no Brasil em 2002, não poderia estar mais na ordem do dia: o feminismo latino-americano _ “Latin feminism”_ desperta interesse como nunca se viu antes. A narrativa de Maria José conta a história do Brasil por um ângulo feminino, que revela o abuso e a opressão das mulheres desde a primeira índia engravidada por um português chegado à Bahia com Pedro Álvares Cabral. Uma após outra, 20 gerações de resistência e luta.

Anselmo - O Globo 10-7-17 (2)