Tag: José J.Veiga

vb-lancamento

Repetimos o convite para o lançamento amanhã de VIBRATIONS BRASIL, coletânea de contos brasileiros unidos pela temática da música, traduzidos para o francês numa edição da Passages. Tem Alberto Mussa, José J. Veiga, Autran Dourado. Tem alguns dos melhores escritores brasileiros. Projeto de Emilie Audigier. Vejam aqui quem é ela.

quinta_maison

O Espaço Cultural A MAISON organiza o ciclo Quintas da Maison, voltado para assuntos da atualidade, gastronomia, fotografia, imagem e música.

A 2a quinta-feira do mês é dedicada a temática “Olhares cruzados” : o olhar de um Francês sobre o Brasil ou de um Brasileiro sobre a França.

Dia 11 de maio, o Espaço cultural A Maison recebe Emilie Audigier, Paulo da Costa de Oliveira e Márcio MM de Meirelles para uma noite de literatura e música, com o lançamento da antologia “Vibrations Brasil”, antologia de textos literários sobre música.

SOBRE O COLETIVO “VIBRATIONS BRASIL”

O coletivo “VIBRATIONS BRASIL” reune 12 textos curtos de grandes escritores brasileiros sobre a música : Paulo Lins, Alberto Mussa, Machado de Assis, Milton Hatoum, Nei Lopes, Lima Barreto, João do Rio, José J. Veiga, Autran Dourado, João Antonio, Ronaldo Correia de Brito, Beatriz Bracher.

Coletivo traduzido em francês por Emilie Audigier pela editora Passages.
SOBRE EMILIE AUDIGIER

Depois de uma formação em Letras e Profissões do Livro (Université de Provence) e experiências em diversas editoras na França (L’Aube, Chandeigne e Hoёbeke), ela coordena o Escritório do Livro da Embaixada da França em 2005.
Doutora em Letras (Universidade Federal do Rio de Janeiro e Université de Provence) em 2010, suas pesquisas focam na literatura brasileira traduzida para o francês, publicadas nos livros Traduire le même, l’autre et le soi (PUP), O trabalho da tradução (Contracapa), Retraduire en littérature de jeunesse (Peter Lang), Bestiaire fantastique des voyageurs (Arthaud), Traduire les littératures migrantes (PUP), Histoire des Traducteurs en Langue française, 20e s (Verdier), La poésie du Brésil (Chandeigne). Traduziu na França escritores lusófonos como Ronaldo Correia de Brito, Ondjaki, Daniel Galera, Valter Hugo Mãe, entre outros.
Ela mora no Brasil onde ensina e coordena uma coleção de ficção curta na Editora Passage(s).
Quintas da Maison – Olhares cruzados – Lançamento da antologia “Vibrations Brasil” (ed. Passage(s))

Entrada franca, evento em português, sujeito a lotação.
Espaço cultural A Maison – Avenida Presidente Antônio Carlos, 58 – 11 andar.

Na sexta-feira, fim de tarde, VB&M recebeu a visita de Emilie Audigier, que colabora com a Passage(s). Emilie trouxe seu bebê Ruben, um lindo franco-brasileiro de oito meses, e nosso exemplar de VIBRATIONS BRASIL, reunião de contos e crônicas brasileiros sobre música ou nos quais o elemento musical tem parte importante, por ela reunidos e traduzidos para a editora francesa.

IMG_1121

VIBRATIONS BRASIL é uma joia, doze textos pegando desde Machado de Assis, João do Rio e Lima Barreto, passando por Autran Dourado e José J.Veiga, “Os cavalinhos de Platiplanto” e “O triste destino de Emílio Amorim”, estes da VB&M, e chegando até autores contemporâneos como Milton Hatoum e Alberto Mussa, com “A vingança inesperada de Maria do Pote”, este também cliente, como se sabe. O volume traz uma apresentação de Emilie com sua concepção da obra, “Sobre a música antes de tudo!”, um posfácio da professora Fernanda Coutinho, “E a literatura do Brasil se apaixonou pela música”, notas bio-bibliográficas sobre os autores e uma rica lista com “referências e orientações bibliográficas” indicando antologias de literatura brasileira publicadas na França e no Brasil, além dos títulos dos quais se extraíram as histórias do livro. VIBRATIONS BRASIL precisa sair no Brasil com os textos originais das histórias e crônicas selecionadas por Emilie Audigier.

IMG_1122