Tag: clientividade

Captura de Tela 2017-11-07 às 14.08.27

O jornal Estado de S. Paulo pediu a César Souza, autor de JOGUE A SEU FAVOR e CLIENTIVIDADE, um depoimento de 20 segundos para a #reconstrução do Brasil. César falou e disse.

Clique aqui para ver o vídeo: CESAR E A RECONSTRUÇÃO DO PAÍS

Estamos felizes porque JOGUE A SEU FAVOR, de César Souza, sai ainda este ano, para o Natal, pelas mãos de Sílvia Leitão, da Best Business (Grupo Record). O livro é mágico: desamarra os nós psicológicos de quem sonha abrir a própria empresa mas pensa que não sabe por onde começar. Considerando a esmagadora taxa de desemprego no Brasil de hoje, um texto fundamental, muito útil para todos, oferecendo o passo-a-passo da sobrevivência.

Abrir uma empresa é um desafio para todo mundo, mas muitos da geração milênio já entram no mercado com clareza sobre a inexistência do emprego seguro e a compreensão de que terão que ser os artífices da própria posição profissional. O desafio é maior para quem tem mais de 30 e poucos anos, foi empregado um dia e acostumou-se com aquela entrada certa do salário no fim do mês, ainda que sua produtividade não tivesse desempenho excelente numa semana ou outra.

Falo por experiência própria. Fui assalariada por 30 anos a fio sem ter de enfrentar – muita sorte – nenhum período desempregada. Em 2012, abri a agência literária VBM. Está dando certo, mas mudar a atitude mental de assalariada para empresária foi o maior obstáculo. JOGUE A SEU FAVOR cuida dessa síndrome e mais, mostrando como se faz um plano de negócios e se define e estrutura uma pequena empresa.

Para completar a manhã de boas notícias em torno do César, soubemos que a segunda edição Best Business de seu clássico VOCÊ É DO TAMANHO DE SEUS SONHOS está pronta e chegando às livrarias. O livro, que vinha com longa trajetória de muitas centenas de milhares de exemplares vendidos pelas editoras Gente e Agir, saiu pela BB em junho apoiando CLIENTIVIDADE, este sim lançamento, outro livro fundamental mas mais voltado para empresários e gerentes, para quem está empregado e já tem seus clientes.

cap

Sílvia Leitão e Bruno Zolotar haviam contratado toda a obra livre de César Souza para a Best Business no fim de 2015. Pois a primeira edição BB de SONHOS já foi. Parabéns ao autor e à editora. No início de 2017, sairá a reedição de VOCÊ MERECE UMA SEGUNDA CHANCE, narrativa que também toca em um sentimento profundo no coração do brasileiro. Até aqueles que por ventura sintam não precisar de uma segunda chance neste momento acreditam que o Brasil a merece desesperadamente.

Nosso autor da área de negócios César Souza acaba de compartilhar conosco uma matéria impressionante da Veja.com sobre as perdas que o precário atendimento à clientela causa às empresas brasileiras. Segundo a consultoria Accenture, chegam a 217 bilhões de reais os prejuízos das empresas por problemas no tratamento com os clientes.

Não só com livros mas em vários segmentos da economia, o fator preponderante para a escolha do consumidor brasileiro é o boca a boca. A insatisfação com os serviços e a má reputação causam às empresas índices estratosféricos de baixa fidelização. Só em 2015, 85% de consumidores de vários serviços – de empresas aéreas a telefônicas – migraram de prestadores.

Um grande problema apontado na matéria da Veja é a maneira como se usa a tecnologia eletrônica. O brasileiro gosta de se sentir merecedor de um tratamento personalizado, e a linguagem digital representa o oposto disso, causando frustração para um grande número de pessoas. A incompetência no tratamento do digital é uma marca da empresa brasileira. Para a VB&M, entre os serviços que usamos, o Itaú é o campeão em matéria enfiar tecnologia goela adentro do cliente, sem contemplar as nuances de cada solicitação, criando assim situações de impasse.

Só tem uma notícia boa diante desse quadro: o lançamento de CLIENTIVIDADE: COMO OFERECER O QUE O SEU CLIENTE QUER, de César Souza. O livro mostra o que o empresário e os gestores têm que fazer para desenvolver uma atitude de clientividade em seus negócios. Tomara que eles aprendam.

Clique aqui para acessar a matéria da Veja.

LVB