Tag: Autêntica

O escritor de não-ficção Roberto Sander, autor de O BRASIL NA MIRA DE HITLER (Objetiva), entre muitos títulos de sucesso, fechou com o selo Vestígio, da Editora Autêntica, sob a batuta de Arnaud Vin, a publicação de 1968: QUANDO A TERRA TREMEU, a sair em 2018, celebrando o imenso cinquentenário daqueles acontecimentos terríveis, daquele ano vivido no espanto. Sander percorre 1968, dia a dia, mês a mês, indo muito além da crise política e social, dos protestos juvenis e da repressão bárbara em todos os hemisférios e continentes.

Na obra, o autor fala da visita de Mick Jagger ao Brasil, do inédito transplante de coração realizado pelo dr Christian Barnard, das viagens espaciais em preparo à chegada à Lua. Fala de Rio de Janeiro, Paris, Cidade do México e Praga, mas vai também a Cuba, União Soviética, África do Sul e China, passeia pelo mundo todo.

VBM terá muito orgulho de sua pequena participação nesse lançamento, que marcará o próximo ano editorial, com certeza encantando uma juventude ansiosa por conhecer e dominar melhor aquela época, aqueles feitos de seus pais e avós, todas aquelas referências. Abordando 1968 com ângulo tão abrangente, o livro permite uma imersão naquele momento histórico como nenhum outro.

No site da ABI saiu uma primeira entrevista de Sander sobre 1968: QUANDO A TERRA TREMEU. Ótima leitura. Clique aqui para acessar a matéria.

4

Imaginar que se está sentado tomando um cafezinho e conversando com algum grande gênio do passado não é exclusividade da minha cabeça imaginativa. Foi a partir dessa ideia que o jornalista francês Louis Bériot escreveu UM CAFÉ COM VOLTAIRE: Conversas com as grandes mentes de seu tempo, minha tradução livre do título publicado recentemente em Paris pela Allary, Un café avec Voltaire: Conversations avec les grands esprits de son temps.

coffee-with-voltaire

A crítica francesa confirma: o livro é delicioso de ler e nos envolve completamente. Beriot faz um misto de biografia, ensaio e romance histórico, convidando-nos a um passeio pelo Iluminismo, etapa filosófica crucial para a humanidade, com debates sobre o poder, a religião, o fanatismo e a intolerância. Tirando proveito do passeio, ele nos apresenta a outros grandes nomes da época como Newton, Montesquieu, Diderot e Rousseau, este em suas disputas com Voltaire. A pesquisa do Beriot baseou-se principalmente nas trocas epistolares desses dois gênios do Iluminismo francês. Além dos fatos históricos em si, uma pitada de criatividade por parte do autor faz o livro parecer mais leve, como uma conversa entre dois amigos.

A boa notícia é que em breve teremos UM CAFÉ COM VOLTAIRE no Brasil, publicado pela Autêntica. A negociação, conduzida pela VBM em nome de Marleen Seegers, da 2-Seas, e da Allary, foi anunciada ontem na Publishers Market Place (imagem abaixo). Nós, que somos fãs do trabalho da Autêntica assim como da Allary, acreditamos que o trabalho de Beriot vai pegar no Brasil. Quero muito lê-lo mais fluentemente em português, degustando um fumegante café da tarde.

captura-tela

1400-20160912183746

Rejane Dias dos Santos e Silvia Masini, da Autêntica, investiram na edição de A GAROTA NO GELO, de Robert Bryndza, que está indo agora para as livrarias pelo selo Gutenberg. A capa ficou lindíssima. O livro de Bryndza é daquelas narrativas de mistério inglesas, que não conseguimos largar até chegar ao final. E, quando chegamos ao fim, ficamos com gosto de quero mais.

Por isso, a segunda notícia boa sobre Bryndza no Brasil é que Rejane e Silvia já contrataram os dois livros seguintes a A GAROTA NO GELO, estrelando a detetive Erika Fosters: THE NIGHT STALKER (O perseguidor noturno) e DARK WATERS (Águas escuras). Na Grã-Bretanha, nos EUA e na Europa, Bryndza já é um sucesso fenomenal, número 1 e 2 de vendas na Amazon americana e britânica, 500 mil exemplares vendidos na terra do Brexit.

http://grupoautentica.com.br/gutenberg/livros/a-garota-no-gelo/1400