Rudolf Piper

Rudolf Piper

RUDOLF PIPER

Rudolf Piper é um dos pioneiros da época lendária dos clubes internacionais. Abriu sua primeira casa noturna em Berlim em 1969 e foi, mais tarde, diretor de promoções do mítico Studio 54, na época áurea da Disco Music. Nos anos 1980 foi proprietário da New York Danceteria, onde artistas como Madonna, Sade, The Smiths, Boy George, entre outros, fizeram seus shows de estreia. Em Nova York, Rudolf também co-desenhou e dirigiu o Palladium, maior boate já construída, seguida mais tarde do Tunnel, onde se originou o movimento dos Club Kids, que escandalizou a América na época. Em 1990, Rudolf inaugurou os primeiros super-clubs da nova geração, com filiais em Nova York, Aspen e Beverly Hills. Mudou-se para Paris em 1994,

onde se tornou diretor de promoção do Les Bains Douches e foi autor de uma quixotesca tentativa de se apoderar do Le Palace, mítico palais de dance parisiense. Realizou vários projetos em Miami, antes de se mudar para o Brasil em 2004, quando trouxe o clube Lotus para São Paulo. Depois, dentro da Daslu, abriu o célebre Buddha Bar, local de diversas e brilhantes soirées. Em seguida, criou uma rede de discotecas chamada Kiss and Fly, que agora se estende por mais de uma dezena de cidades brasileiras. Também é responsável pelo design das versões paulista e mineira da Provocateur, clube do momento em New York. Foi considerado pela Veja “um dos maiores designers de clubes do mundo”.

AFTER HOURS: ASCENSÃO E QUEDA DAS MEGA DISCOTECAS – Nova York/Miami/Berlim/Paris/Los Angeles/São Paulo

Relato das histórias ocorridas nos bastidores dos maiores e mais famosos clubes do mundo, AFTER HOURS cobre da época áurea das discotecas ao seu crepúsculo atual. O livro percorre as grandes metrópoles noturnas de ontem e hoje, numa trajetória que inicia com o Studio 54, mais famosa boate de todos os tempos, à Danceteria de Nova York, que deu origem à palavra genérica; ao Palladium, maior boate que já existiu (lá cabiam 10.000 pessoas!); ao Les Bains Douches, em Paris; além de boates em Berlim, Tóquio, Bangkok, Beverly Hills, Miami e São Paulo. Em suas páginas, desfila uma fauna fabulosa de celebridades internacionais, bandas de rock, ícones do underground, estrelas de Hollywood, DJs famosos, criminosos nada comuns, além, é claro, da “ralé de sempre”.

AFTER HOURS é uma viagem pelas altas madrugadas do mundo, em tempos passados e presentes, que traz à tona os pequenos e grandes dramas de um demi monde oculto e fascinante, envolvendo o leitor em um universo repleto de histórias bizarras ou bizantinas, todas verídicas, relatadas com muito humor, sobre festas, sexo, drogas e, como não poderia deixar de ser, muito luxo e ostentação.

Publicação/Status: Inédito.