Maurício Gomyde

Maurício Gomyde

MAURÍCIO GOMYDE

Website pessoal

Maurício Gomyde nasceu em São Paulo e mora em Brasília. Além de escritor, é músico. Publicou quatro romances de forma independente pelo próprio selo, Porto 71. Em 2002, lançou O MUNDO DE VIDRO, que está na quinta edição. Em 2011, veio AINDA NÃO TE DISSE NADA, hoje na quarta edição. O ROSTO QUE PRECEDE O SONHO saiu em 2012, com reimpressões em 2013 e 2014. DIAS MELHORES PARA SEMPRE foi lançado em 2013, a primeira tiragem esgotou, mas o autor decidiu não reimprimi-lo de maneira independente. Sua plataforma foi toda construída com base nas mídias sociais – Facebook, Twitter, Skoob e Instagram.

Tem, entre outros números significativos, uma fan-page no Facebook com 23.000 seguidores. Como estratégia de divulgação do trabalho, chegou a fechar mais de 650 parcerias com blogs de literatura espalhados pelos quatro cantos do Brasil. Atualmente, conta com 320 parceiros, e sua marca é a interação com os leitores por meio de promoções e ações com o foco nas histórias que comporão seus livros (por exemplo, a escolha de leitores para serem personagens). Em 2014 foi contratado pela Editora Novo Conceito e lançou, pelo selo Novas Páginas, A MÁQUINA DE CONTAR HISTÓRIAS.

“Maurício Gomyde consegue fazer cinema com as palavras.”
– René Sampaio, cineasta e diretor de Faroeste Caboclo

TODO O TEMPO DO MUNDO

O quanto a felicidade e a tristeza podem ditar o rumo de nossas vidas?

Vitor Pickett viaja no tempo. Segundos, minutos, horas, poucos dias. Ele não controla. Revive o passado sempre que ultrapassa o que definiu como ‘limite mínimo de felicidade genuína’ e avança ao futuro quando vai além do ‘limite mínimo de tristeza genuína’. Dádiva ou maldição? Desistiu de tentar desvendar. Não entende como aquilo terminará, mas de uma coisa ele sabe: a paixão por Amanda foi o começo de tudo. Amanda, sua ex-colega de escola, sempre desejou escrever livros infantis e conhecer o mundo. Entretanto, desde que presenciou a morte dos pais no atentado à embaixada americana em 1996, no Quênia, é como se o tempo tivesse parado. Medo, depressão e tristeza, a partir daquela explosão nada mais parecia dar certo. Anos depois, o recluso Vitor é dono de uma vinícola no interior do Brasil e produz alguns dos espumantes mais premiados do país.

Dói-lhe a certeza de que Amanda havia morrido no atentado. Anos depois, Amanda mora em Buenos Aires, é gerente da seção infantil da livraria mais bonita do mundo e casada com um influente deputado. Dói-lhe sentir que aquela vida, perfeita aos olhos dos outros, era tudo o que jamais desejara viver. Mas uma noite é suficiente para mudar tudo… E cada sentimento feliz e triste renascido de um inesperado reencontro atingirá em cheio suas vidas.

Vitor revelará a Amanda seu segredo? Descobrirá finalmente a razão de suas viagens no tempo? E Amanda, enfrentará seus fantasmas e contará a Vitor quem, no fundo, ela é? As respostas dependerão de Vitor subverter ainda mais a lógica insana de seus dias e, como nunca antes, conseguir alterar um fato do passado. Porque, se for verdade que quando a primeira lágrima desce do olho esquerdo o choro é de tristeza, e quando desce do olho direito o choro é de felicidade, aquele pode ser o sinal mais poderoso de suas vidas.

Status/Publicação: Inédito.

SURPREENDENTE!

Pedro Diniz desafiou a lógica da medicina. Depois de receber um diagnóstico prevendo que ficaria cego em dois meses, a degeneração é interrompida por um milagre. Para comemorar, ele decide se tornar um cineasta e parte em busca do filme perfeito. No entanto, nem sempre as coisas são como as pessoas desejam, e a vida real acaba pregando uma peça. Pedro descobre que só conseguirá seguir em frente com a ajuda da equipe de cineastas mais louca e improvável de todos os tempos.

Assim, os quatro companheiros começam uma viagem cujo roteiro, assim como o do filme, será conduzido pelo destino. Uma história sobre o valor infinito da amizade e as chances de redenção que a vida esconde até mesmo na mais perfeita das estradas.

Status/Publicação: pela Intrínseca em setembro de 2015; Presença (Portugal); Harper Collins Iberica (Espanha) em 2016; e pela Alma Littera (Lituânia) em 2017. Vendido para Garzanti (Itália).

DIAS MELHORES PRA SEMPRE

O livro narra a história de Bruno e Micaela. Bruno, o surfista bonito e inteligente, é um dos rapazes mais desejados da faculdade de Medicina. Micaela se autointitula “a menina que tem o dom da invisibilidade”. É a nerd de óculos, sem graça. A história transcorre ao longo de quatro anos. Numa viagem ao Havaí, Bruno perde a perna em um acidente no mar, e Micaela entra em sua vida para ajudá-lo a superar as dificuldades. Começa a nascer o improvável romance entre duas pessoas que nunca haviam se falado, ainda que estudassem na mesma sala da faculdade.

Até que, em um acidente de carro, ambos descendo a Serra do Rio do Rastro, considerada a estrada mais espetacular do mundo, um pedaço da prótese que substitui a perna de Bruno atinge a cabeça de Micaela. A partir daí, ela adquire um dos distúrbios mais estranhos do cérebro humano, a “prosopagnosia”, ou “cegueira para feições”. Ela perde a habilidade de reconhecer rostos. Não reconhecer sequer a própria face diante do espelho. É a hora de Bruno retribuir todo o carinho que a “menina invisível” lhe dedicou e provar que o amor pode superar as mais difíceis situações.

Status/Publicação: Inédito (houve uma mínima edição autopublicada).