Matheus Leitão

Matheus Leitão

MATHEUS LEITÃO

Matheus Leitão Netto nasceu em Brasília, em 1977. Especializou-se em jornalismo investigativo e recebeu os mais importantes prêmios da área, como o Barbosa Lima Sobrinho, o Esso, o de Excelência Jornalística da Sociedade Interamericana de Imprensa e menção honrosa no Vladimir Herzog.

Trabalhou nos jornais Correio Braziliense e Folha de S. Paulo, na revista Época e no portal iG, além de ter sido Visiting Scholar na Universidade de Berkeley, na Califórnia. Atualmente edita o Blog do Matheus Leitão, sobre Política & Polícia, no portal G1. EM NOME DOS PAIS foi seu primeiro livro.

1968 – EM NOME DOS PAIS

Desde pequeno, Matheus Leitão ouvia as expressões “perseguição”, “prisão” e “porão” sussurradas por seus pais, os jornalistas Marcelo Netto e Míriam Leitão. A assustadora palavra “tortura” apareceu bem mais tarde. Movido pela curiosidade de compreender o passado, o jovem perguntador passou a recolher retalhos de uma história dolorosa, que se iniciou em 1972, no Espírito Santo, quando os pais militavam no PCdoB. Delatados por um companheiro, foram presos e torturados. Na ocasião, Míriam estava grávida de Vladimir, o primeiro filho do casal. Matheus também seguiu a carreira de jornalista, dedicando-se a reportagens sobre direitos humanos e ditadura.

EM NOME DOS PAIS é resultado de suas incansáveis investigações, que começam pela busca do delator e seguem com a localização dos agentes que participaram das sessões de tortura de seus pais. Passado e presente se entrelaçam nessa obra, que reconstitui com rigor eventos do início dos anos 1970 e, ao mesmo tempo, apresenta a emocionante peregrinação do autor pelo Brasil atrás de respostas. Uma história sobre pais e filhos, sobre reconciliação e responsabilidade, sobre encontros impossíveis. É também uma história sobre um país que ainda reluta em acertar as contas com um passado obscuro.

Status/Publicação: pela Intrínseca em maio de 2017.