Edney Silvestre

Edney Silvestre

EDNEY SILVESTRE

Edney Silvestre é escritor e jornalista. Foi correspondente internacional do jornal O Globo e da TV Globo em Nova York. Hoje, apresenta o programa literário do canal a cabo Globonews. Seu trabalho jornalístico está vastamente publicado em vários livros.

Um dos 100 brasileiros mais influentes de acordo com a revista Época, Edney venceu o Prêmio Jabuti de Melhor Romance 2010 e o Prêmio São Paulo de Literatura na categoria Estreante com seu primeiro romance, Se eu fechar os olhos agora.

BOA NOITE A TODOS

Maggie é uma brasileira que, como muitos latino-americanos, conheceu na Europa dos anos 1960 e 70 a liberdade que os anos de chumbo tolhiam em seu país natal. Essa liberdade, porém, resultou na ausência de um lar fixo. Os anos passam, e ela enfrenta agora a perda do pouco que lhe resta de identidade: a lembrança dos deleites e dos infortúnios de uma intensa existência. Londres, Nova York, Amsterdã e Berlim confundem-se, assim como se embaralham, à distância, os antigos amores, a família e os amigos.

Sozinha em um hotel em Copacabana, ela questiona suas próprias recordações e se esforça na tentativa de se encontrar. A convivência com seu drama – o de uma mulher cuja memória começa rapidamente a se esfacelar – é um profundo e emocionante aprendizado sobre a alma humana que Edney Silvestre conduz com técnica impecável.

Status/Publicação: Publicado pela Record em 2014.

VIDAS PROVISÓRIAS

Em enredos paralelos cheios de tensão, reviravoltas e fatos históricos, o novo e pungente romance de Edney Silvestre segue por quatro décadas a trajetória de dois jovens expatriados brasileiros. Enquanto tenta sobreviver aos medos e humilhações de uma imigrante ilegal em Nova Iorque, Bárbara se apaixona por um ex-traficante em estado terminal e se envolve com uma rede de prostituição. Na Suécia, Paulo, exilado político, passa por um retiro de sem teto em Estocolmo e por todos os tipos de empregos excêntricos, oferecidos pelo governo aos desterrados. Quando finalmente acredita ter encontrado paz ao lado de sua companheira Anna e seu filho recém-nascido, Paulo descobre que as mesmas pessoas que o torturaram no Brasil continuam a persegui-lo.

Vidas Provisórias traz de volta personagens de obras anteriores do autor. Um é Paulo, o bravo menino que tentou desvendar os mistérios por trás de um misterioso assassinato em Se eu fechar os olhos agora; a outra é Barbara, filha do motorista morto no sequestro que abre A felicidade é fácil. Forçados a levar vidas provisórias, Paulo e Bárbara refletem as mudanças na sociedade brasileira e mundial nos quarenta anos em que se passa o romance. Uma profunda visão do Brasil, projetada de fora por dois exilados em diferentes momentos da história do país.

Status/Publicação: Publicado pela Intrínseca em 2013.

A FELICIDADE É FÁCIL

Ambientado durante um dos momentos mais dramáticos da história recente do Brasil, quando, em 1990, o governo confiscou toda a poupança de cada cidadão brasileiro, este livro conta um dia na vida de Mara e do empresário Olavo Bettencourt, a partir do momento em que recebem a notícia do sequestro de uma criança que pode ser o filho do casal. Narrativa de alta intensidade com um elenco de complexos personagens cujos destinos pessoais são diretamente afetados pelos acontecimentos sociais e políticos. Os sequestradores levam a criança errada, um doce menino surdo-mudo, filho do jardineiro e da empregada doméstica do casal Bettencourt, e o leitor conhecerá seu destino somente na última página.

O racismo e o ódio às mulheres são expostos pelos personagens e pelo entrecho com profundidade raramente vista na literatura brasileira.

Status/Publicação: Publicado pela Record em 2011, Doubleday/Transworld (Grã-Bretanha) e pela Belfond (França), em 2014. Vendido para a Blanvalet (Alemanha) em 2016. Direitos audiovisuais vendidos à Mixer, que pretende lançar o filme no primeiro semestre de 2016.

 

SE EU FECHAR OS OLHOS AGORA

Numa manhã de sol em abril de 1961, enquanto Yuri Gagarin torna-se o primeiro homem a sair da atmosfera da Terra, revelando um universo de possibilidades para a humanidade, numa pequena cidade brasileira, dois meninos de doze anos encontram o corpo mutilado de uma bela mulher à beira de um lago. Recusando a explicação oficial para o crime – pela qual, motivado por ciúme, o culpado é um frágil dentista –, eles começam sua própria investigação, ajudados por um idoso que vive em um asilo local. Um thriller psicológico que conquistou o Prêmio Jabuti e o Prêmio São Paulo de 2010, este romance revela um cenário perverso envolvendo violência sexual, racismo, corrupção e espúrias alianças políticas durante uma era em que o Brasil inicia o caminho de sua industrialização.

Para os meninos, um terrível processo de amadurecimento.

Status/Publicação: Publicado pela Record em 2009; Planeta (Portugal) em 2011; Evro-Giunti (Sérvia) em 2011; Arbeiderspers (Holanda) em 2012; Transworld/Doubleday (Grã-Bretanha) em 2013; Belfond (França) em 2013; Mondadori (Itália) em 2013; Blanvalet (Alemanha) em 2013.