Categoria: LIVROS

Morreu aos 85 anos o artista plástico e visual Ivan Chermayeff, que ilustrou um dos livros mais queridos pela equipe da VBM em seu catálogo de clientes estrangeiros: SUN, MOON, STAR, o maravilhoso infantil de Kurt Vonnegut, publicado pela Seven Stories Press.

Vale a pena ler o obituário do New York Times. Que figura Chermayeff.

Criador de inúmeros dos logos mais marcantes de nossa era _ da editora Harper Collins, da Mobil Oil, da Exxon, da Panam, do Smithsonian Institute, da New York University _, ele continuou ativo até o fim em sua empresa de artes gráficas e publicidade sem nunca ter chegado perto de um computador. Só na prancheta.

A newsletter Publishnews anuncia hoje o lançamento de A VERDADE SOBRE A TRAGÉDIA DOS ROMANOV, do conceituado historiador francês Marc Ferro. VBM agenciou a venda desse livro publicado na França pela Tallandier em nome de nossa parceira L’Autre Agence, e a Record aproveitou os 100 anos da Revolução Russa para lançá-lo em outubro deste ano.

Marc Ferro é particularmente polêmico nessa obra, quando defende que a tsarina russa e suas filhas foram poupadas da execução pelos revolucionários bolcheviques de 1917 graças a um acordo com a Alemanha. Em troca teriam prometido silêncio eterno sobre a própria sobrevivência.

Há muito tempo não surgia uma tese tão contracorrente a respeito do destino da família imperial russa, tida como fuzilada em julho de 1917. É o que consta sem espaço para dúvida na wikipeda “House of Romanov”, por exemplo. Mas Ferro argumenta muito bem, apoiado em vasta documentação, e o livro deve atrair os aficionados dos temas Revolução Russa e Romanov, que são em muito maior número do que se pensa, Nelson Villas-Boas apenas um entre muitos brasileiros que compram todos os lançamentos sobre esse período histórico.

Para conferir a matéria do Publishnews, clique aqui.

A BBC Cultura incluiu THE MOTHER’S MOTHER’S MOTHER AND HER DAUGHTERS, a versão americana do maravilhoso A MÃE DA MÃE DE SUA MÃE E SUAS FILHAS, de Maria José Silveira, na lista de leituras imperdíveis para o mês de dezembro. THE MOTHER’S MOTHER’S é uma tradução do super Eric Becker, encomendada pelo excelente editor Chad Post

Os direitos do romance de Maria José na França e na Itália acabam de ser contratados por duas outras competentíssimas e queridas editoras, Dana Burlac e Serena Bellinello, da Denoel e da Mondadori, respectivamente.

Para conferir a lista, clique aqui.

A noite de autógrafos do novo livro de Oscar Nakasato, DOIS, segundo romance do autor que conquistou o Jabuti com NIHONJIN, teve um lindo singelo lançamento na Livraria Curitiba do Shopping Maringá Park, no Paraná, na quinta-feira, 23 de novembro. Houve bate-papo mediado por José Flauzino e leitura de trechos de DOIS feitas por Victor Simião e Ana Maria Silva. Só depois vieram os autógrafos.

Diga-se que, para a VBM, estamos falando de obras-primas quando se trata de NIHONJIN e DOIS.

Lançamento 2 5

Lançamento Dois 1

O site Bookeiro _ “para quem ama livros” _ publica a lista geral de mais vendidos da cadeia de livrarias Travessa, todas as lojas do Rio + Ribeirão Preto, incluindo ainda vendas eletrônicas. Quem está lá, em sexto lugar: SONATA EM AUSCHWITZ, de Luize Valente, segundo livro nacional, atrás somente do lançamento de Fernanda Torres. SONATA sensacional.

Clique aqui para conferir a lista.

Leitura relevante: a entrevista de Míriam Leitão a Gustavo Ranieri, matéria com fotos de Bruno Veiga, no número de novembro da revista da Livraria Cultura. Sobre o livro e a série televisiva HISTÓRIA DO FUTURO _ ou por que não devemos ou precisamos perder a confiança.

Para ler a matéria, clique aqui.

As Livrarias Curitiba já estão divulgando o lançamento de Dois, de Oscar Nakasato, em Maringá. Clique aqui e confira.

A revista da cadeia livreira  (impressa e on line) também está badalando esse livro de mais um imenso autor paranaense (Paraná é terra literária boa, de Dalton Trevisan, Miguel Sanches Neto, Domingos Pellegrini).

DOIS é o segundo romance de Oscar, que na sua estreia com NIHONJIN conquistou o Jabuti da categoria. É um texto denso, sofisticado, imensamente revelador da condição humana e dos conflitos familiares, inserido até a medula na história do Brasil. Terminamos a leitura e ficamos com o romance dentro da gente por semanas a fio.

Uma passagem que merece destaque é a participação de um dos protagonistas no malfadado Congresso de Ibiúna, em 1968. Não creio que o congresso _ muito mal organizado pelo então líder estudantil José Dirceu, incompetência que levou à invasão da polícia da ditadura e a prisão dos participantes _ figure em qualquer outra obra de ficção. A descrição do episódio histórico e da subjetividade e motivações do personagem é impactante e memorável.

nelson dois

 

Está dando resultado o profissionalismo do marketing de SONATA EM AUSCHWITZ, promovido pela própria autora, Luize Valente, que se somou à Editora Record na campanha de divulgação de seu livro. SONATA, uma narrativa bela e pungente, impossível de largar, mas sem apelações, já está entre os “mais vendidos da semana” na cadeia Travessa; no topo da categoria “romance histórico” da Amazon no dia 3 de novembro; e em destaque nas boas livrarias do mercado, como mostra a vitrine da Livraria Argumento, no Leblon. A entrevista de Luize é o tópico mais visualizado no Blog da Record.

SONATA EM AUSCHWITZ há de se consagrar como um das grandes obras de ficção sobre a hecatombe nazista. Não só pouca gente descreveu com comparável riqueza e precisão de detalhes o horror da vida em Berlim naquela época, nos guetos da Europa do Leste, nos campos de concentração. Para além da magnífica reconstituição histórica, a trama concebida por Luize joga luz sobre as nuances de caráter nas pessoas, que hesitam e racionalizam diante dos dilemas morais colocados pelas situações de totalitarismo e guerra.

IMG_2096

Sonata mais vendidos Amazon

Sonata mais vendidos Travessa

Sonata top 1 do blog Record

travessa recomenda sonata 1 inteiro

IMG_2101

No especial da Veja sobre os 100 anos da Revolução Soviética, a matéria “O que faltava na estante”, com a lista de lançamentos sobre o tema, infelizmente ignorou o excelente DO CZARISMO AO COMUNISMO, de Marcel Novaes, publicado pela Três Estrelas, que já recebeu várias críticas consagradoras. De títulos representados pela VBM para o mercado brasileiro, compareceram na revista A VERDADE SOBRE A TRAGÉDIA DOS ROMANOV, de Marc Ferro, e HISTÓRIA DA GUERRA CIVIL RUSSA, de Jean-Jacques Marie.

Já na vitrine da Livraria da Travessa, em Ipanema, toda dedicada a esse tema, o livro de Marcel figura bonito, assim como o estudo de Marie sobre a guerra civil, que entre 1917 e 1922 matou cerca de 4,5 milhões de pessoas entre combatentes e civis.

IMG_2098

IMG_2097

Les-Cahiers-d-Esther

Está saindo na França o terceiro volume da série gráfica LES CAHIERS D’ESTHER (Os cadernos de Esther), de Riad Sattouf. No Brasil, a Intrínseca está publicando a série O ÁRABE DO FUTURO, muito autobiográfica, sobre um jovem dividido entre os mundos francês e árabe, mas ESTHER, a visão de uma garotinha em crescimento sobre os temas diversos, de amor e família até cultura pop e política internacional , continua inédita.

Sattouf é um dos mais festejados cartunistas franceses. Interessante como o cartum consagrou-se na França, terra de grandes criadores no gênero. Seu ÁRABE está traduzido para 20 idiomas e em três volumes vendeu 1 milhão de exemplares só no país de Macron. A VBM representa a obra de Riad Sattouf para o Brasil em nome da 2-Seas Agency e da editora Allary.

Veja a apresentação do livro clicando aqui.