Autor: 0.000000e+0s

Alberto Mussa conversará com outros três escritores (Heloísa Seixas, Joca Terron e Santiago Nazarian) sobre seu último romance, A HIPÓTESE HUMANA, em sessão intitulada “Grandes Lançamentos”, no Café Literário da Bienal do Livro, que começa dia 31 no RioCentro. Também no Café Literário, na sessão “A Era do Imprevisto”, Miriam Leitão e Sergio Abranches discutirão política, filosofia e a árdua busca de instrumentos e referências para a compreensão do mundo contemporâneo. Edney Silvestre estará com Ruy Castro em um bate-papo sobre 90 anos de Tom Jobim. Raphael Montes estará no grupo “Cronistas”. Na programação do Encontro com Autores, diretamente do Porto, a amada portuguesinha Sofia Silva, cujo romance SORRISOS QUEBRADOS está saindo em grande estilo pela Valentina, terá enfim a oportunidade de travar pessoalmente com suas incontáveis fãs brasileiras.

Muitos clientes da VBM na Bienal do Rio oferecendo a seus leitores a oportunidade de uma conversa presencial. Todos brilhantes, com muitas ideias originais e experiências pessoais a compartilhar; eventos imperdíveis. Vale conferir a programação.

Para conferir a programação da Bienal e outras informações, clique aqui.

A propósito de seu livro recém-lançado A ERA DO IMPREVISTO e do ensaio em processo de escrita PRESIDENCIALISMO DE COALIZÃO, ambos títulos da Companhia das Letras, Sérgio Abranches deu na semana passada uma entrevista que não se pode perder. Já está no youtube.

O teaser é só provocação. Ele alerta que o partido é um tipo de agremiação que só fazia sentido na era analógica e mostra como a reforma política que está sendo arquitetada no Congresso vai piorar ainda mais nosso combalido sistema democrático.

Vale muito ver a íntegra do depoimento, mas é longo, 43 minutos.

O autor de DOCE GABITO e O ARROZ DE PALMA, Francisco Azevedo, será o convidado especial da sessão de abertura do clube do livro do Gabo Café, que está montando com a Editora Record uma exposição na Fábrica Bhering em homenagem a Gabriel Garcia Márquez no aniversário de 50 anos da publicação de CEM ANOS DE SOLIDÃO. PublishNews traz detalhes sobre a programação.

DOCE GABITO, como se pode supor pelo título, é um romance tocante que paga tributo a García Márquez pelo intenso prazer literário que a vasta obra do autor colombiano propiciou a seus leitores. Para quem só conhece o Chico de O ARROZ DE PALMA, recomenda-se vivamente a leitura de DOCE GABITO, outro romance eterno, assim como será OS NOVOS MORADORES, último lançamento do autor.

 

Para quem está bolando um primeiro livro, vale a pena ler essa coluna do Dear Sugars, um blog de conselhos profissionais e existenciais, publicada pelo New York Times. Aqui Steve Almond e Cheryl Strayed refletem sobre a criação literária com uma jovem atormentada porque ainda não conseguiu criar condições para se dedicar à escrita. Na VBM, concordamos enfaticamente com a maior parte dos conselhos e dicas. Principalmente, a ideia de que não é preciso parar a vida e o trabalho para escrever. Depois, que é bom controlar as expectativas em relação à obra. A motivação para a escrita tem que ser o prazer da criação.

SE EU FECHAR OS OLHOS AGORA, o premiado romance de estreia de Edney Silvestre, em processo de adaptação para minissérie global pelas mãos do roteirista Ricardo Linhares, foi notícia do site TV-Foco. A matéria, centrada no roteirista, diz que ele está pronto para voltar à telinha como autor principal de uma produção, SEFOA, que terá dez capítulos. O último trabalho de Linhares na Globo foi a supervisão da novela “Rock Story”, mas ele participou também das tramas de “Insensato Coração” e “Babilônia”, em parceria com Gilberto Braga.

Para ler a matéria na íntegra, clique aqui.

Foto: Leo Aversa

Foto: Leo Aversa

 

eurucide_capa2

O site independente de crítica literária Foreword Reviews _ “the indie we love” é seu slogan _, que cobre o mercado americano, publicou uma resenha perfeita de THE INVISIBLE LIFE OF EURIDICE GUSMAO, de Martha Batalha. Chegando agora às livrarias britânicas, a edição da OneWorld de A VIDA INVISÍVEL DE EURÍDICE GUSMÃO sai em outubro nos Estados Unidos.

A resenha sintetiza com precisão e rigor a essência do romance de estreia de Martha: “Batalha escreve com vívida ressonância, criando personagens nítidos em Eurídice e Guida, na maternal prostituta Filomena e em Zélia, a vizinha maldosamente fofoqueira. Enquanto os pais, maridos, filhos e amantes das personagens femininas agem de maneiras dominadoras ou destrutivamente débeis, eles parecem mais produtos do ambiente cultural do que vilões descarados.

A VIDA INVISÍVEL DE EURÍDICE GUSMÃO é essencial e divertido, e as vidas de suas heroínas na existência cotidiana são memoráveis e inspiradoras.”

É isso aí. Mandou bem, Foreword.

The Invisible Life of Euridice Gusmao-ADVANCE PROOF FOREWORD REVIEW

Saiu hoje espetacular resenha em inglês de EM NOME DOS PAIS, de Matheus Leitão, no Brazil Talk. Trata-se de uma plataforma online criada por alunos da Universidade de Columbia, em Nova York, para o debate de temas brasileiros. Publicada pela Intrínseca, a narrativa de Matheus ganhou um rico comentário assinado por Mario Saraiva, que ilustra com notas de pé de página todas as referências que podem ser menos conhecidas ao leitor de fora do Brasil. Belas fotografias acompanham a edição.

Vejam esse parágrafo:

“Inteligentemente, Leitão transmite uma mensagem multigeracional, convidando ao diálogo a geração de seus pais e a nossa. O diálogo é uma ponte entre pessoas, ideias e épocas. Infelizmente, muitas vezes pontes são derrubadas pelos ataques daqueles que não querem compreender o outro lado. Extremismo (de direita ou esquerda) não é saudável numa democracia. O diálogo honesto tem poder de cura.”

Para ler a resenha na íntegra, clique aqui.

João Almino toma posse amanhã na Academia Brasileira de Letras. É um imenso romancista na ABL, que sempre ganha como instituição quando acolhe ficcionistas e poetas com o talento e a força narrativa e imagística de um João Almino.

ENTRE FACAS, ALGODÃO é o próximo livro do João, e preparem-se, porque é uma narrativa acachapante, esmagadora, emocionante mas fortíssima, passada entre Brasília (sempre, mesmo quando não é o principal cenário) e o interior nordestino. Sai em breve pela Record.

A Folha de S.Paulo está lançando um clube do livro genial. Com entrada gratuita, reuniões discutirão um grande romance a cada mês. O jornal publicará matérias sobre o livro, e os encontros terão mediação de um entusiasta ou especialista no autor em pauta.

Em outubro, o livro será O SENHOR DO LADO ESQUERDO, de Alberto Mussa. Diga-se que na lista já montada dos encontros, os dois brasileiros serão Beto e Machado de Assis.

Alberto Mussa é um dos nomes de maior brilho da Flip este ano, mas outros clientes da agência estarão em Paraty na próxima semana. Raphael Montes figura na programação da livraria Saraiva de ciclo de debates, e o PublishNews deu destaque.

Ainda na off-Flip, Luize Valente e Adriana Armony falarão em mesa que marcará o lançamento de A FEIRA. O novo romance de Adriana, construído em torno de um evento literário, com personagens típicos do mundo editorial, está saindo pela 7 Letras.

Anna Luiza Cardoso e Miguel Sader, ainda com o fuso horário desajustado, também se mudam para Paraty a fim de acompanhar as atividades dos autores da agência.