junho 2017

A revista GoWhere dedicou quatro páginas aos livros de César Souza, com chamada na capa para a matéria “O que está tirando o sono dos empresários brasileiros”. Além da revista, hoje à noite César estará no ContaCorrente da GloboNews e, no dia 18, irá ao ar ótima entrevista na Rádio Mundial de São Paulo toda sobre seu último lançamento JOGUE A SEU FAVOR.

Para acessar a matéria, clique aqui.

Um luxo abrir a semana com a matéria de ontem no caderno Aliás, do Estadão, sobre NEVE NA MANHÃ DE SÃO PAULO, de José Roberto Walker. Uma página bonita, bem diagramada, um texto bem escrito e abrangente, “O covil de Oswald” vai ao âmago da discussão sobre o modernismo e as transformações na cidade que permitiram o surgimento de uma jovem como Maria de Lourdes Castro, a Daisy, ou Miss Cyclone. Pena só que conte o fim da história, que é factual, mas conhecida por pouca gente e, no livro, tratada com suspense. Conhecendo-se ou não o triste fim do caso de amor entre Oswald de Andrade e Miss Cyclone, é muito gratificante ler a narrativa de Walker revelando vividamente o momento da virada de São Paulo de pequena cidade do interior, no fim de mundo que era o Brasil, para grande metrópole do continente.

O Estado de S. Paulo 11-06-2017_A1_corte O Estado de S. Paulo 11-06-2017_E2_corte

A nova edição do clássico da auto-ajuda de negócios VOCÊ MERECE UMA SEGUNDA CHANCE, de Cesar Souza, agora pela Best Business, chega às livrarias na virada do mês. A capa está aqui fazendo conjunto com VOCÊ É DO TAMANHO DE SEUS SONHOS, CLIENTIVIDADE e JOGUE A SEU FAVOR.

O livro agora vem com prefácio de Mario Sergio Cortella, nada menos. Diga-se que, para as apresentações das outras edições da Best Business, Cesar contou com Carlos Wizard, em JOGUE A SEU FAVOR; Luiza Helena, dos “magazines”, em CLIENTIVIDADE; e Ozires Silva, em VOCÊ É DO TAMANHO DE SEUS SONHOS. Isso é que é validação.

Voce merece uma segunda chance_CAPA alta

 

livro_policial_capapresosnoparaiso

Tem saído ótimas matérias sobre o policial de Carlos Marcelo, PRESOS NO PARAÍSO, que chama a atenção pela ambientação em Fernando de Noronha. Com fotos do autor na ilha, os artigos disseram que o livro tem “trama envolvente”, que se trata de um “bem-humorado romance de estreia”. Clique nos links abaixo para acessar as matérias:

Carlos Marcelo e Tusquets decidiram inovar no formato dos autógrafos de PRESOS NO PARAÍSO em BH, dia 10. Para começar, é um sábado, e ele avisa que ficará na Livraria Ouvidor, na Savassi, das 11 da manhã às duas da tarde.

A ideia é facilitar para os colegas de redação do autor no Estado de Minas, entre outros pontos levados em consideração. Além disso, as manhãs de sábado em BH são o auge do movimento em um circuito literário com livrarias de rua muito charmosas e tradicionais na cidade. Belorizontinos inteligentes não perderão a oportunidade de uma conversa com o autor desse grande, refinado, envolvente policial brasileiro, ambientado em um dos mais mágicos cenários do país, a ilha de Fernando de Noronha.

Na semana passada, na Livraria Cultura de Brasília, o lançamento de PRESOS NO PARAÍSO teve três horas de fila; CM começou a autografar às 17h e só parou depois da 20h. Centenas de amigos, umas tantas fontes desse craquíssimo jornalista, mas também muita gente que se ligou no livro pelas matérias falando de um policial ambientado em Noronha.

image002

Nas colunas de ontem de Sonia Racy, no Estado de S.Paulo, e Ancelmo Góis, Globo, NEVE NA MANHÃ DE S. PAULO, de José Roberto Walker. Ambas lembram o centenário da notória garçoniére modernista de Oswald de Andrade, cenário principal do livro, onde acontece o caso de amor entre o escritor e a jovem normalista chamada de Miss Cyclone.

O romance biográfico escrito por Walker chegou às livrarias no fim de semana. O lançamento com noite de autógrafos em São Paulo vem aí e será um estouro.

matérias livro 04-06-2017 (1)

images

Rohit Bhargava, editor e fundador da IdeaPress, autor do super best seller de negócios NON-OBVIOUS, estará em São Paulo na próxima semana para falar no Wired Festival. O livro de Bhargava revela o método ideal de olhar os fatos, visando a encontrar o que não está obviamente dado, a fim de “curar” ou maturar as ideias e poder prever os próximos passos. O subtítulo diz precisamente: “how to think different, curate ideas and predict the future”. Representamos os direitos de Bhargava no Brasil em nome da 2-Seas Agency.

28a7