Nosso Blog

1

Brazilian rights to Robert Verkaik’s JIHADI JOHN, to Clarissa Melo at Harper Brazil, by Lara Berruezo at Villas-Boas & Moss Literary Agency on behalf of Oneworld.

Saiu no último Publishers Market Place a venda dos direitos de JIHADI JOHN, de Robert Verkaik, para a Harper Collins Brasil. É a primeira venda de direitos de um livro do catálogo da OneWorld, a charmosa e quentíssima editora britânica, vencedora dos últimos prêmios Booker, que a VB&M representa para o Brasil. É também o primeiro contrato da agência com a HC, uma negociação com a agilíssima editora Clarissa Melo. Outros direitos de tradução de JIHADI JOHN, que vai virar minissérie da BBC, foram para editoras na Holanda, Japão e Finlândia.

images

A capa do livro pela OneWorld

JIHADI JOHN é relato de grandes revelações. Sua proposta é responder à pergunta que o mundo fez no ano passado: quem é o monstro jihadista do Estado Islâmico que aparece em vídeos decapitando prisioneiros da organização terrorista? O perfeito sotaque britânico não deixava dúvidas de onde ele teria vivido até ir para o Oriente Médio engrossar as fileiras do EI.

headlineimage-adapt-1460-high-jihadi_john_111315-1447437569127

Uma das últimas fotos de Jihadi John

Pois o jornalista Robert Verkaik (colaborador freelance do Sunday Telegraph, Sunday Times, Mail on Sunday, Daily Mail e The Independent) fez a única entrevista que se conhece com Jihadi John e revela neste livro como Mohammed Emwazi, um jovem londrino de 26 anos, até então gentil e educado, tornou-se o maior chefe de execuções do Estado Islâmico. Ainda em 2010, Emwazi deu uma entrevista a Robert Verkaik dizendo que o serviço secreto britânico, o MI5, estava destruindo sua vida. Ele queria que sua história fosse contada para conseguir apoio público e para que os serviços de segurança o deixassem em paz.

A investigação de Verkaik busca dissipar o mistério em torno do poder do Estado Islâmico de transformar as pessoas: o que levou um jovem muçulmano ir até e o jornalista para pedir ajuda? Por que ele acabou aderindo ao EI? Escrevendo no dia seguinte ao horripilante, mas não exatamente surpreendente, ataque do Estado Islâmico em um mercado de Berlim, sinto a urgência enorme desse livro. Grande tacada da Harper Collins-Brasil.

Comentários ( 1 )

Deixe um comentário

O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *