Nosso Blog

photo-2

O Segundo Caderno de O Globo dedicou primeira página de sua edição dominical aos 20 anos da morte de Renato Russo, o ícone roqueiro da Legião Urbana, e todas as manifestações artísticas a que a efeméride dá direito: o livro do próprio músico descoberto e saindo pela Companhia das Letras, filme, musical, álbuns dele ou sobre ele e a nova edição da biografia seminal assinada por Carlos Marcelo, O FILHO DA REVOLUÇÃO. Passaram-se sete anos desde o lançamento da edição original pela Ediouro, que teve três reimpressões, mas nenhuma atualização.

Agora pela Planeta, o livro não foi apenas revisto por Carlos Marcelo. Ele reescreveu o texto de olho em toda a releitura feita de Renato Russo ao longo dos anos, entrevistou mais gente, como Marisa Monte, e acrescentou um capítulo final sobre os últimos dias do músico. “Mesmo doente, Renato foi perfeccionista”, disse Carlos Marcelo ao Globo. Perfeccionista é Carlos Marcelo.

Comentários ( 0 )

    Deixe um comentário

    O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *