Nosso Blog

capa_blogPronto, Sextante anunciou a biografia de Rogéria, assinada por Márcio Paschoal, para outubro, saindo pelo selo Estação Brasil, de Pascoal Soto. Agora podemos falar do livro, ROGÉRIA: MULHER E MAIS UM POUCO, um dos orgulhos da agência. A capa, que a equipe de Virginie Leite preparou, ficou deslumbrante. Uma das capas mais bonitas e impactantes que vimos este ano. Rogéria ajuda.

A narrativa é divertidíssima, repleta de fofocas envolvendo centenas de nomes do showbiz e da alta sociedade internacional e com um vivo panorama das artes cênicas brasileiras da década de 60 até hoje – o que era ser artista sob a ditadura militar. Artista e travesti, já imaginou? Mas o livro não é só isso.

Márcio e Rogéria contribuem com uma visão originalíssima e profundamente honesta da questão trans. Fica evidente que Rogéria nunca foi misógina, não tem inveja de mulher, não tem bronca com palavras como útero e vagina, a la transgêneros norte-americanos. (Acreditem que nos EUA os trans não apoiam o movimento pelo aborto Free Womb pela referência ao útero em seu nome.)

ROGÉRIA é uma visão brasileira do travestismo. Basta pensar que, com todo o preconceito do brasileiro, ela conquistou o Prêmio Mambembe em 1979 como melhor atriz. Sem nunca ter se submetido a mudança de sexo. Até hoje isso não aconteceria nos Estados Unidos.

Vender não-ficção para tradução não é fácil mas, dada a urgência e o interesse que a temática transgênero vem despertando, estamos apostando em ROGÉRIA no exterior e trataremos o livro como destaque em nosso catálogo para Frankfurt. Acreditamos que essa grande personagem da cultura brasileira dá uma contribuição fundamental ao debate e envidaremos esforços pela divulgação da obra. Raymond Moss deu o título de trabalho em inglês: ROGERIA: MORE THAN A WOMAN.

http://www.publishnews.com.br/materias/2016/09/08/augusto-cury-volta-a-lancar-livro-pela-editora

Comentários ( 0 )

    Deixe um comentário

    O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *