Nosso Blog

Chega às livrarias francesas amanhã LES VERTUS DE L’ÉCHEC, de Charles Pépin, um livro que celebra as virtudes do fracasso, lançado pela Allary, cliente da 2-Seas e portanto, no Brasil, da VB&M. O livro é precioso, pura filosofia disfarçada de auto-ajuda.
Pépin é mais ou menos conhecido por estas plagas. Companhia das Letras lançou em 2014 O PLANETA DOS SÁBIOS, uma divertida históriacouverture-pepin-hd-tt-width-326-height-468-lazyload-0-crop-1-bgcolor-ffffff das ideias, ilustrada com humor pelo cartunista Jul, cobrindo 3 mil anos de filosofia. Em 2011, a Sulina lançara OS FILÓSOFOS NO DIVÃ, no qual Pépin põe Platão, Kant e Sartre em sessões de psicanálise com Freud; beleza de livro.

Em AS VIRTUDES DO FRACASSO, Pépin defende que não há história de sucesso sem uma série de derrotas que o antecedam. Demonstra sua tese com as trajetórias de personagens mais ou menos contemporâneos, como Rafael Nadal, J.K. Rowling, Steve Jobs, Charles De Gaulle ou Thomas Edison. Relê o percurso dessas figuras geniais à luz de Marco Aurélio, São Paulo, Freud, Bachelard e Sartre.

Pelo livro, percebemos que o fracasso é muito menos manifestação de fraqueza, falta ou erro do que o resultado de um lance de audácia, ou uma rica experiência. É curioso, mas se aprende a ter sucesso no fracasso, porque cada prova ou desafio, confrontando-nos com o real ou com nossos desejos mais íntimos, têm o potencial de nos tornar mais lúcidos e combativos. Mais vivos. Como diz o release da Allary, um pequeno tratado de sabedoria que põe o leitor na estrada do autêntico e verdadeiro sucesso.

O mais incrível disso tudo é que Charles Pépin, de 43 anos, com mais de dez livros publicados em 20 países, é professor de filosofia não na Sorbonne, mas na Maison d’éducation de la Légion d’Honneur da região de Saint Denis, isto é, para alunos do liceu francês, o equivalente da escola média brasileira. Já imaginou ter 15 anos e estudar filosofia com um professor desses numa escola pública?

http://www.allary-editions.fr/publication/les-vertus-de-lechec/

Comentários ( 0 )

    Deixe um comentário

    O seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *